22 maio 2008

Entrar ou não entrar na roda gigante?

Tentar ser igual é um dos maiores erros dos jovens,não só deles,mas de todo ser humano.E issoo se agrava na juventude.A vontade de se igualar a massa,vontade de entrar na roda gigante que é a vida.

Só que o que eles não sabem(aliás o que nós não sabemos,eu também porque sou uma jovem) é que o preço pra entrar na roda gigante é a autenticidade.Ela.A autenticidade,a coisa que da cor a vida,o que verdadeiramente me anima nas pessoas,viajando ao imaginar que elas pensam diferente de mim,que gosta de coisas diferentes das minhas,que tem pontos de vista diferentes dos meus.

É muito dificíl para algumas pessoas tentar se adequar aos padrões de uma sociedade injusta.
Quantas e quantas pessoas morreram por não se adequarem a eles?Bruxas foram queimadas nas fogueiras,heroínas na verdade.Quantas pessoas foram ridicularizadas por pensarem diferente mesmo quando se descobria,depois de algum tempo,que elas estavam certas? O DESCONHECIDO É MAL VISTO.

Viva a diferença!
Chega de criarmos guerras por raça,etnia,religião.Que delicía é ser o que somos sem pensar no que as pessoas vão pensar de nós!Acreditar em Papai Noel,discutirmos algo indiscutível,um viva à essa magia!