03 março 2012

Pequena Sabedoria


Tenha calma e acomoda-te, pequena. A vida continuará mesmo que você se recuse a seguir. Mesmo que não queiras avançar, o fluxo contínuo desse rio denso e profundo te levará para onde não queres ir. Mas irás. Sim, irás levada pela correnteza, pela corrente de água sem fim que te prende e te liberta. Acredite: é passível de fazer sentido a qualquer um. Confie e sossegue tua alma. Abra bem os braços e as pernas, sinta a energia eletrizante da vida a pulsar em tua derme e deixe-se flutuar.

É fato que em alguns dias o rio estará mais revolto e é aí que deves praticar a sabedoria. Compreende a natureza das correntezas. São como as que têm dentro de si, infinitas, contínuas, sem direção. Treina a tua paciência nesses dias. Feche bem os olhos e mais uma vez: deixe-se flutuar. Da mesma forma, também haverá dia de intensa calmaria e tranqüilidade, e mesmo que o teu espírito energético e fluídico queira insistentemente mudar essa situação, nada ocorrerá. Já disse algumas vezes, mas vou dizer mais uma, pequena: tente entender a natureza do rio. Ele é como você, pequena, ele é como você...

Nenhum comentário: