10 janeiro 2009

Eu me indigno


Sinceramente.
O orkut me da náuseas.Estou pensando seriamente em excluir minha conta.
Não adianta,pra onde quer que você olhe (ou clica,tanto faz !) você vê fotos de meninas fumando,bebendo,legendas dizendo direta ou indiretamente o quanto elas são assanhadas,que entraram em coma alcoólico na última sexta,que não dormiram durante 48 horas.E por aí vai...
Daí você pensa, ahhh essas garotas devem ter seus 20 anos,já sabem o que fazem de suas vidas.Porém,quando você fuça em seus orkuts mais a fundo descobre que benditas tem 13,14 anos e que ainda estudam.E vem aquela pergunta na cabeça.Caramba,onde é que esse mundo vai parar ?

Na adolescência as pessoas não pensam muito nas conseqüências.Eu sei disso porque afinal eu sou uma adolescente.Mas essas garotas são demais para minha alma pura criada na igreja católica.(sic)

Bem,ironias a parte eu acho sim que igreja faz bem ao jovem.Tanto faz qual a religião seguida.Sem caretice,conversar,ouvir histórias de quem foi bem mais além do que essas pobres garotas e se deu muito mal.Além do mais,faz bem a alma ter fé em algo,no amanhã.
Eu acho mesmo é que essas garotinhas levam uma vida sem sentido,imitando pessoas com o dobro de sua idade e que podem arcar com as conseqüências de suas atitudes.Garotas de cabelos coloridos buscando uma a felicidade baseada nos excessos.Uma vida oca,seca,sem graça,sem vida,sem nada.

Imagino uma noite de sexta feira de uma delas:
Toca o celular,aquele musiquinha chata de alguma bandinha daqueles caras com o cabelo de capacete que mais parecem com um playmobil ou algo parecido.Ela atende.
-Alô?

-Oiiiiiiiiiiiiiiiiii sua vadia! Quanto tempo heim eai o que você anda fazendo dando muito?
(É,a realidade.Basta ver alguma conversa de um desses projetos de mulher.Elas se tratam muito bem,hahahahaha)

-Oi rany/reny/riny/roly/ruly (qualquer apelido que não seja o nome verdadeiro e que parece legal vale),então to aqui sem fazer nada só no msn com os gateeeenhos.De boa na lagoa.

-Vamos pra buatch amiga?

- Agoora.Você passa aqui em casa ?

-Demorou.

Ela desliga o computador,pega a calça mais rasgada que tem no armário,o seu sutiã e calcinha de zebrinha,aquele tênis surrado super colorido com com algum síbolo idiota,coloca uma blusinha fashion.Se olha no espelho e vê aquele cabelo lindamente repicado a la Chitãozinho ,da uma escovada e lá vai ela.Diz aos pais que vai dormir na casa de alguma amiga e eles acreditam.Afinal,a filha só tem 14 anos.O que uma garota de 14 anos poderia fazer?

Muita coisa.

Ela chega na festa e exagera em tudo,desde garotos até na bebida.Incentivada por amigas iguais a ela,rebeldes sem causa ela bebe muito,faz devaneios com garotos que acabou de conhecer e que até Maria Madalena dúvida.Cai no chão.Vomita.Dança.Grita,solta a franga.Isso tudo enquanto seus pais estão em casa assistindo algum filme na tela quente imaginando a filha segura,brincado de guerra de travesseiros com as amigas.

Isso até que alguma amiga ou conhecida que só foi à festa para curtir e que esta em sã consciência leva-a para sua casa,lhe da banho e deixa que ela descanse em sua cama.

No outro dia ela acorda com a cabeça latejando.Não tem idéia de onde esta.Quando percebe alguém ao seu lado,se assusta.O que que estou fazendo aqui ?A amiga acorda e lhe conta tudo o que aconteceu.Ela da risada como se isso tudo fosse a coisa mais normal do mundo.
-Nossa arrasamos na buacht ontem amiiiga !

EU ME INDIGNO.