30 novembro 2007

Auto-Descrição

Por mais que eu tente me definir acho que nunca vou conseguir. Quando nos damos qualidades e defeitos se perde um pouco da graça de descobrir como as pessoas são por dentro.

Além do mais,ninguém nunca se descreve como realmente é.Cada pessoa sabe o que tem verdadeiramente dentro de si.Sabe das suas vontades,seus desejos,seus rancores,suas alegrias.Sabe dos seus sonhos mais profundos e das suas vontades mais proibidas.

E essa a mágica de viver,é maravilhoso ir descobrindo aos poucos os sonhos,as manias das pessoas que gostamos...acho que ai esta a magia dos relacionamentos amorosos e até mesmo entre amigos,pais e filhos...

Quem se define sempre perde algo de si,como se ela estivesse contando somente a metade da história,sem chegar ao final.Por fora não sei como sou ,apenas imagino o que pensam de mim,o que no final das contas pouco me importa.Por dentro sou algo somente meu,um mistério,uma vida,uma alma,um mundo.

Cada pessoa tem um mundo dentro de si,aí esta a graça de viver!